Arquivo do mês: novembro 2013

REFERÊNCIAS

 A pior coisa que uma namorada pode fazer e sempre faz é quando a gente já chega atrasado e ela ainda inventa de querer mijar antes de entrar no cinema. A melhor descrição sobre a cena do massacre no Carandiru … Continuar lendo

Publicado em Não categorizado | 2 Comentários

SOBRE ROLLING STONES

1) Tenho um poema, no meu livro ORFANATO PORTÁTIL, chamado “Exile on main Street”. Uma homenagem a esse disco que é um ponto fudido – para mim, “o” ponto – da sofisticação dos caras. (Claro que é difícil falar em … Continuar lendo

Publicado em Não categorizado | Deixe um comentário

SOBRE VIELAS E ACASOS – E OUTROS DOMECQS

Estamos em uma conversa entre amigos na qual todos – os “loucos para viver” de que falava Kerouac – falam sem parar e ao mesmo tempo. Em meio à balbúrdia, um dos personagens mais tocantes do livro, Quim Font, dono da … Continuar lendo

Publicado em Não categorizado | Deixe um comentário

LOU REED, Lester Bangs

Quando o LOU REED morreu, o primeiro disco que catei para ouvir passando, foi Songs for Drella. Depois Velvet – Pati Smith já disse que Heroin não é uma música, mas uma obra prima (concordo com ela), Blue Mask, Transformer… … Continuar lendo

Publicado em Não categorizado | Deixe um comentário